Conexões Maloca é o mercado de negócios da Maloca Dragão. Iniciativa única no Estado, o Conexões proporciona, durante o festival, o contato de players e programadores do mercado cultural brasileiro e internacional com a mais recente produção musical cearense. O objetivo é promover um intercâmbio de experiências e impulsionar a circulação das produções do Ceará em novos palcos nacionais e estrangeiros. Chegando à terceira edição consecutiva, o Conexões Maloca tem fortalecido e aprimorado, a cada ano, as articulações com o mercado das artes e assim ampliado a projeção da produção cearense para outros públicos e palcos. 


Dragão do Mar Institute (IDM) is organizing the fifth edition of the largest arts festival in Brazil, with a complete free program, Maloca Dragão, from April 24th to the 29th. Born with the intent of celebrating the anniversary of the Dragão do Mar Arts and Culture Center and the growing impact of Ceará's artistic production, Maloca presents to the public hundreds of attractions in the most diverse artistic languages, ??on stages distributed throughout the cultural center and Praia de Iracema (Iracema Beach). In 2017, the festival brought more than 400,000 people during the six day program. This year Maloca aims to highlight the way in which the protagonism of youth is responsible for many of the social transformations that have occurred in the recent history of Brazil and the world. With the theme "The barricades opened the way: 50 years since May of 1968" the festival provides a deep reflection on this period of Brazil, France and Latin America. Shows, exhibitions and a cinema show will give an account of the impact of this historic moment and what it means for today. Maloca 2018 also pays tribute to the artist from Ceará Sérvulo Esmeraldo, with an exhibition at the Museum of Contemporary Art of Ceará, and a special tour of his works on display around the city.

 


Estas são as mesas de debates nacionais e internacionais que integram a programação do Conexões Maloca 2018 no Auditório do Centro Dragão do Mar:

These are the national and international panels that will be part of the Conexões Maloca 2018 schedule at the Centro Dragão do Mar's Auditorium:

 

 

Dia 27 | Sexta-feira

14h - A aceleração como novo modelo de negócios na música
Com Veronica Pessoa (Rizoma, aceleradora do Programa Natura Musical)

15h - Roda de Conversa com Curadores e Programadores de Espetáculos Cênicos e Lançamento da Revista TREMA! (PE)
Com Fernando Ziegler Zugno (RS) e Pedro Henrique Lira Vilela (PE) com mediação de Rogério Mesquita e Andrei Bessa. No Porto Iracema das Artes.

 


Dia 28 | Sábado

14h - Como conseguir projeção no cenário das plataformas digitais?
Com Alex Schiavo (Altafonte), Arthur Fitzgibbon (One RPM) e Yasmin Muller (Deezer) 
Mediação: Bruno Silveira (Projeto Rivera)

How to build momentum in the scene of digital platforms? - With Alex Schiavo (Altafonte), Arthur Fitzgibbon (One RPM), Yasmin Muller (Deezer) and with Bruno Silveira (Projeto Rivera) as the moderator.

16h - Os mercados da música na Europa em 2018
Com Fernando Sousa (Casa da Musica Porto - Portugal), Luis Viegas (Ao Sul do Mundo - Portugal), Patrick David (Two Gentlemen - Suíça), Sylvain Briand (Le Silex, Catalpa Festival - França) e Patrick Duval (Le Rocher de Palmer, Festival Musiques Metisses - França)
Mediação: André Bourgeois (Urban Jungle)

The Music Markets of Europe in 2018 - with Alex Schiavo (Altafonte), Fernando Sousa (Casa da Musica Porto - PT), Luis Viegas (Ao Sul do Mundo - PT), Patrick David (Two Gentlemen - SWI) Sylvain Briand (Le Silex, Catalpa Festival - FR), Patrick Duval (Le Rocher de Palmer, Festival Musiques Metisses - FR) and with André Bourgeois as the moderator.


 

Dia 29 | Domingo

15h - Comunicação e Promoção da música na Europa
Com Isadora Dartial (Radio Nova - França), Sebastien Doviane (TSFJazz - França), Luis Viegas (Ao Sul do Mundo - Portugal) e Patrick David (Two Gentlemen - Suíça) 
Mediação: André Bourgeois (Urban Jungle)

"Communication and Promotion of Music in Europe"  with Isadora Dartial (Radio Nova - FR), Sebastien Doviane (TSFJazz - FR), Luis Viegas (Ao Sul do Mundo - PT), Patrick David (Two Gentlemen - SWI) and André Bourgeois as the moderator.

 

17h - Modelos criativos de negócios para música
Noela Salsa e Tomás Muhr (Makinita, Imesur, Frecuencias - Chile)

Creative Standards of Music Business - with Noela Salsa and Tomas Muhr (Makinita, Imesur, Frecuencias - CHL)

 


OS CONVIDADOS DO CONEXÕES MALOCA VIA HUB CULTURAL
 

 


Luciana Adão (Oi Futuro)

Produtora Cultural graduada pela Universidade Federal Fluminense especialista em Gestão da Cultura e Gerenciamento de Projetos - metodologia PMI. Atua na formulação de parcerias estratégicas e políticas culturais, gestão de equipamentos culturais e desenvolvimento institucional de programas de fomento à cultura. Trabalhou em instituições privadas e públicas e também como produtora autônoma. Nos últimos anos trabalhou na gestão de equipamentos culturais. No biênio 2014-2015 foi Coordenadora de Equipamentos Culturais da Secretaria Municipal de Cultura da cidade do Rio de Janeiro, responsável pela reestruturação administrativa e qualificação dos espaços. Foi também substituta direta da subsecretária de cultura e participou da formulação dos programas de fomento à cultura da SMC. Atualmente é Coordenadora do Programa de Patrocínios Culturais Incentivados do Oi Futuro. Vive e trabalha no Rio de Janeiro.

 

 

Fabiane Pereira (Faro)
Fabiane Pereira é jornalista, pós-graduada em Jornalismo Cultural pela ESPM e em Formação do Escritor pela PUC-Rio. É mestranda em Comunicação, Cultura e Tecnologia da Informação no Instituto Universitário de Lisboa. É curadora do projeto musical-literário Som & Pausa, assina semanalmente uma coluna sobre música no site da Veja Rio, apresenta o webprograma "Fala-se de Música" no site do Azoofa e toca vários outros projetos pela sua empresa, a Valentina Comunicação. É apresentadora do programa FARO, atualmente no ar pela rádio carioca SulAmérica Seguros Paradiso (95.7 FM), há seis anos e curadora do Festival FARO, uma extensão do programa.


 

Pena Schmidt
Trabalho para a Música desde 1972, montando palcos, operando sintetizadores, construindo e operando mesas de som e ensinando o oficio; montando e gerenciando estudios, gravando e produzindo discos, administrando a produção; contratando artistas para grandes gravadoras, quando ganhei meus discos de ouro que depois gastei no meu selo Tinitus. Cuidei de festivais com muitos palcos e grandes equipes, do Auditório Ibirapuera e do CCSP. Hoje eu penso, faço curadorias, escrevo, falo e dou consultorias sobre Música, sem tocar nada.

 

Ana Morena
Ana Morena é produtora cultural e baixista. Sócia e idealizadora do Combo Cultural DoSol que há 15 anos envolve estúdio, centro cultural, produtora de vídeo e festival, também é fundadora do Camarones Orquestra Guitarrística, banda que em 2017 comemora 10 anos de frenética atividade. Entre seus principais projetos e realizações estão o Festival DoSol, o Natal Instrumental, a Virada Cultural de Natal, a Incubadora DoSol e o Circuito Cultural Ribeira. Todos os eventos e projetos que idealiza são voltados para a formação de plateia e fortalecimento da cena de música independente brasileira, além de mobilizar aparelhos culturais para que se tornem reais motivadores de transformação social.

 

 

Gabriel Murilo
Mestre em Música pela UFMG. Como integrante co-fundador da Embaixada Cultural ele coordena residências artísticas internacionais no Brasil e exterior e co-dirige o encontro internacional "Música Mundo" em Belo Horizonte. Atuou no Programa Música Minas, fomentando a circulação internacional e regional da cena mineira. Foi um dos integrantes do grupo cuiabano Macaco Bong e circulou por todo país promovendo um modelo autogestionado de carreira musical no Brasil. Co-fundador e integrante do grupo cênico-musical Serelepe/EBA-UFMG; Integra o duo de post-rock experimental Confeitaria tendo circulado pelo Brasil e internacionalmente.

 

Bina Zanette 
Bina Zanette é produtora cultural residente em Curitiba. Atua há 19 anos na organizac?a?o de eventos e projetos culturais. É proprietária da Santa Produção, empresa especializada em coordenação de eventos de grande porte, shows musicais e espetáculos teatrais. Atualmente, faz parte da direção do Festival Psicodália e compõe a equipe de organização dos festivais Rock in Rio, Festival de Teatro de Curitiba, Rio2C, Fims e Tribaltech.

 

Gutie 
Antonio Gutierrez (Gutie) é diretor do Festival Rec-Beat, responsável pela direção executiva e artística do evento, que acontece nos dias de carnaval, no Recife. O Rec-Beat está entre os mais importantes festivais independentes do Brasil e em 2018 completou 23 anos de existência. É também criador e diretor dos festivais ANIMAGE (Festival Internacional de Animação de Pernambuco) e CONTINUUM (Festival de Arte e Tecnologia do Recife). É membro fundador da ADIMI - Associación para el Desarollo de la Industria de la Musica Iberoamericana.

 

Roberta Martinelli
Roberta Martinelli é apresentadora, criadora e curadora do programa Cultura Livre na Rádio Cultura Brasil e na TV Cultura. O programa completou em 2017 oito anos na grade da Rádio Cultura Brasil e 7 temporadas na TV Cultura mostrando a música brasileira que acontece hoje. O programa foi indicado pela APCA como melhor programa de televisão em 2014. É apresentadora do Prelúdio, o único concurso de musica clássica da tv brasileira. Apresenta e produz o programa Som a Pino diariamente na Rádio Eldorado. É colunista do jornal O Estado de São Paulo.Foi jurada de prêmios e seleções de melhores do ano em vários jornais (Folha de São Paulo, Estado de São Paulo Rolling Stone, Revista Bravo, Multishow), fez parte da comissão de especialistas do Edital Natura Musical. Foi professora de jornalismo cultural em rádio na pós-graduação da Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP/SP). Especialista em Canção Popular pela faculdade  Santa Marcelina.

 

André Brasileiro
Diretor, ator, produtor cultural e gestor público. Foi assessor especial da Secretaria de Cultura do Recife entre os anos de 2004 e 2012, Coordenador Executivo do Carnaval Multicultural do Recife entre os anos de 2005 e 2012, exerceu o cargo de Presidente da Fundação de Cultura da Cidade do Recife. Integrante do Coletivo Angu de Teatro. Entre os principais trabalhos fez a direção artística dos shows Cordas, Gonzaga e Afins - Elba Ramalho e SaGrama - Natura Musical, O Grande Encontro 20 anos- Alceu Valença, Elba Ramalho e Geraldo Azevedo, Almério - Desempena - Natura Musical. Desde de 2014 assina a coordenação artística e executiva do Festival de Inverno de Garanhuns(FIG)  e atualmente é gerente de equipamentos da FUNDARPE.

 

 

Yasmin Muller 
Yasmin Muller é gerente editorial da Deezer Brasil, onde fica responsável por toda a parte de conteúdo. Na empresa desde janeiro de 2013 e baseada no escritório de São Paulo, a executiva é responsável por selecionar, gerenciar e programar o acervo musical do serviço de acordo com a dinâmica dos usuários deste mercado, assim como produzir conteúdo original para a Deezer em áudio, vídeo e demais canais nas mídias sociais. Yasmin é natural de Fortaleza, e tem experiências em rádio e tv, além de plataformas online.

 

Arthur Fitzgibbon
Presidente da ONErpm no Brasil, a maior e mais influente empresa de música na atualidade e fundador da Thurbo Music, Arthur Fitzgibbon é professor de pós-graduação em Negócios da Música e Marketing. Com mais de 20 anos dedicados ao mercado brasileiro da música com passagens pela Universal Music, Polygram, Abril Music, EMI Music e Kuarup. Foi empresário de artistas, produtor executivo de mais de 300 discos, radialista, professor de marketing e comunicação e hoje tem o foco dedicado ao desenvolvimento integrado ao mercado da música digital.

 

 

Alexandre Rossi (Rolinha)
Alexandre Rossi é um dos responsáveis pela programação da mais tradicional casa de shows carioca, o Circo Voador (www.circovoador.com.br) desde 1989. Nessa função já realizou mais de 700 concertos nacionais e internacionais. Trouxe ao Rio bandas até então iniciantes como Skank, Planet Hemp, Raimundos, Nação Zumbi e o Rappa nos anos 90 e mais recentemente Céu, Liniker, Tulipa Ruiz, Emicida e Criolo. Nos últimos anos intensificou a programação internacional da casa, trazendo nomes como Primal Scream, Franz Ferdinand, Belle and Sebastian, LCD Soundsystem, The National, Foster the People, Tame Impala, Tony Allen, De La Soul, NOFX, Hypnotic Brass Ensemble, Hot Chip e Stone Temple Pilots entre outros.

 

Ale Muniz
Há 25 anos trabalhando com música, produzindo, caminhando, cantando e seguindo a canção. Sua experiência nesses anos lhe conduziu a buscar entender o processo criativo e produtivo detalhadamente em todas as suas dimensões. Hoje produz a própria carreira, na banda CRIOLINA e é gestor do festival BR135 em São Luís/MA que tem como objetivo contribuir para que o Maranhão faça parte do mapa cultural do Brasil.

 

Luciana Simões
Artista na banda Criolina/MA e ativista cultural. Gestora do festival BR135, que acontece em São Luís do Maranhão, que tem como objetivo a formação de plateia, a promoção de intercâmbio cultural e a inclusão da música produzida no Maranhão no mapa cultural do Brasil.  Co-criadora de ferramentas como Observatório da Cultura do Maranhão e da Liga da Cultura, atuante também no Maranhão.
 

Renée Chalu
Renée Chalu é  CEO da Se Rasgum Produções, responsável pela organização do Festival Se Rasgum em Belém do Pará, que aposta na diversidade da música brasileira e revela novos nomes do mercado musical, incluindo sempre artistas internacionais. Produz também o "Festival Sonido", que tem como foco a música instrumental e experimental contemporânea. É sócia proprietária do Ziggy Hostel Club, espaço cultural dedicado a artes em geral e para shows com capacidade para até 250 pessoas, que inclui um Bar Café Cultural.

 

Alexandre Matias
Nascido em 1975, o jornalista brasiliense Alexandre Matias cobre cultura, comportamento e tecnologia há vinte anos e colaborou com os principais veículos de comunicação no Brasil. Sua produção está centralizada no site Trabalho Sujo(www.trabalhosujo.com.br), que mantém desde 1995 (@trabalhosujo nas rede sociais). Também atua como curador, tradutor, DJ e produtor de festas, palestrante e coordena cursos voltados para música. Atualmente é curador de música do Centro Cultural São Paulo e curador de música do Espaço Cultural Centro da Terra. Também faz parte do conselho consultivo da Semana Internacional da Música de São Paulo, do júri de música popular da Associação Paulista de Críticos de Arte e presta consultoria para o Prêmio Multishow de Música Brasileira. É curador e cocriador da série de debates Spotify Talks, produz a festa semanal Noites Trabalho Sujo e coordena o curso O Ecossistema da Música no Século 21, no Espaço Cult, em São Paulo.

 

Alex Schiavo
Alex Schiavo, começou como estagiário da gravadora Sony Music no Brasil em 1992, passando pelas áreas de marketing estratégico, clássico e jazz alcançando diversas posições até ser promovido em 1997 como Diretor de Marketing e artístico A&R na matriz em Nova Iorque, sendo responsável pela carreira internacional de diversos artistas latinos como Rick Martin, Shakira entre outros em todo o mundo. Em 1999 assume além do marketing, a posição de Diretor de Novas Tecnologias para a América Latina, vivendo o "boom" da internet. Em 2001 aceita o desafio de voltar ao Brasil durante a pior crise da indústria como Vice Presidente e em 2005 assume a Presidência da gravadora, tornando a operação lucrativa e líder de mercado durante 6 consecutivos anos até a sua saída em 2015. Trabalhou e colaborou com diversos artistas nacionais e internacionais como: Roberto Carlos, Maria Rita, Vanessa da Mata, Adriana Calcanhotto, Zezé Di Camargo & Luciano, Leonardo, Bruno & Marrone, Vitor & Leo, Capital Inicial, Jota Quest, Marcelo D2, Skank, Padre Marcelo Rossi, Damares, Beyoncé, Adele, Foo Fighters entre muitos outros. Depois de abrir o primeiro restaurante crudivoro de alta culinária na América Latina e vender sua participação, se graduou no como "alumni" em Wharton na Universidade da Pensilvânia em 2017. Voltando ao Brasil ele assumiu a operação da jovem empresa Espanhola de distribuição digital, Altafonte, que distribuiu o novo trabalho do Tribalistas, Trinca de Ases, Gil, Liniker e os Caramelows, Cleo, 1KILO entre outros.

Marie Declercq
Marie Declercq é bacharel em direito e trabalha como repórter há mais de 5 anos na VICE abordando temas como sexualidade, pornografia e onde mantém também a coluna "Crime & Castigo no Brasil" - além disso já colaborou com SEXY, BrasilWire e Editora Veneta, além de fazer parte da organização do festival de sexualidade alternativa PopPorn.

Marília Feix
Marília Feix é jornalista musical com quatorze anos de experiência no mercado fonográfico nacional e internacional. Especialista em Music Business pela Point Blank Music School de Londres, acredita no poder de inovação gerado em ambientes colaborativos e na transformação social de realidades através da cultura. É fundadora da Lampeja Música, que propõe a criação de conteúdos multifacetados, com propósito e reflexão. É curadora do Teatro da Unisinos Porto Alegre em colaboração com essa universidade e com sua rádio, 103.3FM. Foi Editora da Revista Noize, do site noize.com.br, e do clube de vinil Noize Record Club durante três anos.

 

Renée Chalu

Renée Chalu é  CEO da Se Rasgum Produções, responsável pela organização do Festival Se Rasgum em Belém do Pará, que aposta na diversidade da música brasileira e revela novos nomes do mercado musical, incluindo sempre artistas internacionais. Produz também o "Festival Sonido", que tem como foco a música instrumental e experimental contemporânea. É sócia proprietária do Ziggy Hostel Club, espaço cultural dedicado a artes em geral e para shows com capacidade para até 250 pessoas, que inclui um Bar Café Cultural. Alguns artistas que já passaram pelo Festival Se Rasgum em Belém em seus 12 anos de edição: Tulipa Ruiz, Marcelo Jeneci, Otto, Mundo Livre S/A, Nação Zumbi, Pato Fu, Tom Zé, Arnaldo Antunes, Dona Onete, Felipe Cordeiro, Gang do Eletro, Jaloo, Moraes Moreira, Céu, Emicida, BaianaSystem, Malu Magalhães, Mac Demarco (CAN), Ben Kweller (EUA), Nada Surf (EUA), Maia Vidal (FRA), El Cuarteto de Nos (URU), Hablan Por La Espalda (URU), El Mató a Un Policiá Motorizado (ARG), Los Peyotes (ARG), Shout Out Louds (SUE), The Slackers (EUA), Molina Y Los Cosmicos (URU), Pega Monstro (POR), Bass Drum of Death (EUA), Afrika Bambaataa

 

Fabiana Batistela

Fabiana Batistela é formada em Comunicação Social pela Escola Superior de Propaganda e Marketing e começou sua vida profissional como repórter da Revista Bizz. Em 2002, fundou a Inker Agência Cultural, empresa especializada em assessoria de comunicação para artistas e eventos de música, assim como consultoria, idealização e produção de projetos. Com um currículo vasto, a agência já realizou diversos eventos e projetos dedicados à nova produção musical brasileira e inúmeras turnês de bandas internacionais no Brasil. Fabiana também é diretora geral da Semana Internacional de Música de São Paulo (SIM São Paulo/ www.simsaopaulo.com).

 

 

Verônica Pessoa

Veronica Pessoa é empresária do artista Filipe Catto, realiza projetos culturais na empresa Pessoa Produtora e trabalha com aceleração de projetos culturais na empresa Rizoma. Foca seu trabalho em música e desenvolve a cada projeto seu perfil de trabalho: faz parceria com novos artistas e segue junto trilhando um caminho de realizações profissionais e pessoais.



Daniel Ganjaman iniciou suas atividades como músico profissional em meados dos anos 90.

Em 1997, fundou o Estúdio "El Rocha", sediado em Pinheiros, junto com seu pai e irmãos, dando inicio a suas atividades como produtor e engenheiro. A partir daí, gravou e produziu vários artistas da cena independente de São Paulo, por diversos estúdios no país e no próprio El Rocha. Por lá passaram vários grupos da cena underground da ápoca e hoje, o El Rocha se consolidou como um dos principais estúdios do país, tendo em sua lista de clientes nomes como Marcelo Camelo, Mallu Magalhães, Tulipa Ruiz, Nacão Zumbi, Ratos de Porão, Capital Inicial, Ana Canas, Gaby Amarantos entre muitos outros.

Daniel Ganjaman já tocou, produziu e dirigiu diversos nomes da música brasileira como Criolo, Emicida, Rael, Baiana System, Planet Hemp, Seu Jorge, Otto, Jorge Benjor, Gilberto Gil, Instituto, Racionais MC's, Nação Zumbi, Ivete Sangalo, Negra Li, Marcelo D2 entre muitos outros.

 

Carmen Roberta Lobo

Graduação em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP), Especialização no Laboratório de Estudos da Criança do Departamento de Psicologia da Aprendizagem, do Desenvolvimento e da Personalidade da Universidade de São Paulo (USP). Especialização em Jornalismo Cultural e Social pelo Programa de Pós-Graduação Lato Sensu em Comunicação Jornalística da PUC/SP. Trabalhou nas unidades de Itaquera, Santo Amaro, Vila Mariana e Ipiranga do Sesc São Paulo. Atualmente, atua como Assistente Técnica da Gerência Estudos e Desenvolvimento do Sesc SP.

Jan Balanco
Programador de música e cinema no Sesc Santana, na Zona Norte da cidade de São Paulo. Fez parte da vibrante cena baiana de rock independente dos anos 2000 como um dos criadores do selo Frangote Records e da festa Nave. No mesmo período foi analista de projetos de música do Fundo de Cultura e Lei de Incentivo à Cultura da Bahia. De 2011 a 2014 atuou como coordenador de projetos de música erudita contemporânea, instrumental e jazz na Água Forte

Alcimar Frazão
Alcimar Frazão é artista gráfico e quadrinista, formado em artes visuais pela ECA-USP. Atua como curador, ativista e produtor cultural desde 2010, e desenvolveu, no Sesc SP, diversas exposições de artes visuais no período de 2010 a 2016. Atualmente é coordenador de programação cultural junto ao Sesc Pompeia.



 

Internacionais

Tomás Muhr (Makinita, Imesur, Frecuencias - CHL)
Músico y manager de la agrupación Juanafé, director del Encuentro de Industria Musical Latinoamericana IMESUR, Co Director de la plataforma para el desarrollo de proyectos asociados al La Makinita y Director ejecutivo del Encuentro y Mercado internacional de música electrónica FRECUENCIAS.

Como miembro fundador de la Asociación Latinoamericana de Managers Musicales (MMF LATAM) y miembro de la Asosicaion para el desarrollo de la industria musical Iberoamericana ADIMI cuenta con vasta experiencia en la representación de artistas y la producción de numerosas giras en América y Europa.

NOELA SALAS
La Makinita - Encuentro Imesur
Artista escénica y productora cultural, se ha desempeñado en múltiples proyectos culturales en Chile en el ámbito de la música, el teatro y la danza. Directora de extensión de teatro popular Ictus, participa del directorio de la Makinita y coordina el encuentro de programación internacional de música IMESUR.

Juan Cristóbal Gumucio Aninat
Nace en Santiago de Chile en 1972. Es Licenciado en Artes con mención en Actuación Teatral de la Universidad de Chile. Realizó luego un Postítulo en Gestión Cultural con mención en Artes Visuales en la misma casa de estudios y, posteriormente, cursó el Máster en Gestión Cultural de la Universidad de Barcelona. Con experiencia en teatro, cine y televisión como actor, se ha desempeñado también como gestor cultural del Departamento de Teatro de la Universidad de Chile y de la ex Secretaría Ejecutiva de la Comisión Presidencial de Infraestructura Cultural. En España, trabajó en Transit Projectes, empresa catalana especializada en la administración de centros culturales, y, a su regreso a Chile en 2005, co-fundó Trinomio Gestión Cultural, empresa especializada en la prestación de servicios en el sector artístico-cultural.En julio de 2010 asume como Director Ejecutivo del Centro Cultural Matucana 100.

ALEJANDRA IBARRA ARRIAGADA

Periodista y Licenciada en Comunicación Social por la Universidad de Santiago de Chile. Estudios de postgrado en Literatura Hispanoamericana y en Estudios Culturales en la Universidad de Chile. Durante ocho años, se desempeñó como Coordinadora de Comunicaciones del Centro Cultural Matucana 100. En esa institución fue responsable de la difusión de prensa de proyectos corporativos y culturales; gestión con medios especializados; coordinación y programación de medios; búsqueda de auspicios de medios de comunicación; manejo de contenidos de la página web, monitoreo de prensa y medios televisivos y electrónicos; apoyo a la función de relaciones públicas, y encargada de la edición de las publicaciones generadas por el centro cultural.  Tiene experiencia en docencia en materias de cultura y ha colaborado en la gestión de prensa del Museo de Solidaridad SalvadorAllende y en la Corporación Cultural de Lo Barnechea. Desde el 2011 se desempeña como Jefa del Área de Extensión y Producción del Museo de la Memoria y los Derechos Humanos de Santiago de Chile, donde es responsable de la gestión, ejecución y coordinación de las actividades de extensión institucionales, concursos de artes escénicas, musicales y cinematográficas y de las relaciones con el entorno del Museo, en donde se destaca en su gestión la creación del concurso Mala Memoria y elciclo de teatro "Seis historias de dictadura".


Luís Viegas (Ao Sul do Mundo - PT)
Presidente e fundador da agência portuguesa de empresariamento artístico e show Ao Sul do Mundo. Trabalha junto aos maiores festivais e casas de shows de Portugal, artistas do main stream ao eletrônico, do jazz a world music. Representando em Portugal artistas lusófonos e brasileiros como Alceu Valença & Orquestra de Ouro Preto, Dona Onete, Elza Soares, Liniker and the Caramelows, Os Tubarões, Ferro Gaita, entre outros, e internacionais como CocoRosie, Gregory Porter, Mulatu Astatke, Dengue Dengue Dengue, Matias Aguayo & the Desdemonas, Orchester Poly-Rhytmo Cotonou, Pharoah Sanders, Kronos Quartet, Jupiter Okwess.

 

 

Patrick David (Two Gentlemen - SWI)
Diretor artístico das gravadoras Sony Music France e V2 Music France entre 1996 a 2003. Fundador de uma das mais respeitadas agência de show, representação artística e selo europeu Two Gentlemen. Baseada na Suíça, agencia artistas locais como The Young Gods, Erik Truffaz, Sophie Hunger e Melanie De Biasio e representa na Suíça artistas internacionais como Cat Power, Antony & the Johnsons, Alela Diane e Bonnie "Prince Billy" entre outros. Opera na cena de casa de shows e dos grandes festivais suíços como Festival de Montreux, St Gallen Open Air, Paleo Festival e Gurten Festival.

 

 

Patrick Duval (Le Rocher de Palmer, Festival Musiques Metisses - FR)
Diretor de programação da casa de show Le Rocher de Palmer em Bordeaux, França, conta com 3 salas dedicadas ao jazz, world music, hip hop e música eletrônica, responsável por mais de 140 shows e dois festivais por ano. Patrick é também o director artístico do festival de world music Musiques Métisses na cidade de Angoulême. 

 

 

Fernando Sousa  (Casa da Música- PT)
Programador, curador e produtor cultural de eventos e festivais de música em Portugal e países lusófonos. Desde 2004 responsável pela programação
pop, rock, jazz e world music da prestigiosa Fundação Casa da Música (Porto, Portugal).

 

 

Sébastien Doviane (TSF Jazz - FR)
Sébastien Doviane trabalha como programador na rádio francesa  TSF Jazz desde 2016, apresentando o programa Jazzlive. No programa, Sébastien transmitie os shows ao vivo nos clubes de jazz. O objetivo é a descoberta de novos artistas, e os ouvintes podem viver a experiência de um show na sala de suas casas.

 

Isadora Dartial (Radio Nova - FR)
Programadora e apresentadora da radio cult francesa Radio Nova. Atualmente pilota 3 programas. No semanal "Dans le Oreilles" ela entrevista artistas, músicos, cineastas retratando-os através de suas referências musicais. Aos sábados a noite o programa "Qué Onda? Le grand Mix des Radios du Monde", uma grande seleção de rádios e músicas do mundo. E no programa "Le Jeune du futur" ela apresenta músicos da nova geração.

 


Sylvian Briand (Le Silex, Catalpa Festival - FR)
Diretor de programação da casa de shows Le Silex na cidade francesa de Auxerre. Desde 2012 programador do Catalpa Festival (com público de 40  mil pessoas). Por 4 anos Sylvian dirigiu artisticamente a rede cultural "French Cultural Network", que produzio shows em vários continentes.

 


Jeanne de Larrard (Consulado Francês) 

Jeanne de Larrard atua como assessora de cultura no Instituto Francês do Brasil em Recife / Consulado Geral da França em Recife, de competência para o Nordeste do Brasil. Mestre em Cooperação Artística Internacional pela universidade de Paris 8, ela se especializou em cinema e literatura, estudando a memória dos traumas no cinema brasileiro e na literatura haitiana. Ela tem experiência em produção de exposições e de eventos no Rio de Janeiro, em coordenação de residências artísticas e de pesquisa em Buenos Aires e Porto Príncipe (Haiti). Ela trabalhou vários anos na programação e na produção de festivais de cinema brasileiro em Paris (Festival de Cinéma Brésilien de Paris / Festival Brésil en Mouvement).  

 

Equipe Conexões Maloca